Volvo Penta, Motores

Motores industriais seguem os mesmos padrões de qualidade dos produtos do Grupo Volvo

30/06/2016

João Zarpelão

Diretor de motores industriais da Volvo Penta South America

Luiz Bohatch

Vice-presidente de Powertrain Production South America, planta Curitiba

Os motores industriais Volvo Penta são produzidos na mesma fábrica que os motores de caminhões e ônibus do Grupo Volvo, em Curitiba, de acordo com o padrão de qualidade dos produtos da marca.  Os motores oferecem alta performance, alta disponibilidade e baixo consumo de combustível, características que aumentam a produtividade da operação e reduzem os impactos ambientais. 

Para a produir os motoroes indutrias, a fábrica de  motores e caixas de câmbio que equipam os caminhões e ônibus Volvo passou por uma alteração para receber mais uma linha de montagem.

“A equipe multifuncional do projeto realizou a integração do novo motor Volvo Penta aos processos já existentes, garantindo os mesmos padrões de segurança e qualidade. Para isso contamos com a participação de todas as funções da planta, desde áreas de suporte até a operação”, explica Luiz Bohatch, vice-presidente de Powertrain Production South America, planta Curitiba. O executivo observa ainda que “a  fábrica de Curitiba é reconhecida pela qualidade de seus produtos e estabilidade dos processos produtivos, além de contar com um equipe altamente engajada”.

O motor Volvo Penta é muito similar ao do consagrado caminhão Volvo FH. A principal mudança é no cabeçote, que ganhou projeto próprio para o ciclo de trabalho industrial. Do total de peças, 45% são iguais às do motor do FH, o que facilita ainda mais a manutenção.

Um dos diferenciais do modelo está no intervalo de troca de óleo. No Volvo Penta 13 litros, a troca é feita a cada 600 horas. Nos seus similares do mercado, a cada 250. Também consome menos diesel, com um ganho de até 5%.  

Outro destaque é a densidade de potência: mesmo mais compacto, o motor Volvo Penta oferece a mesma força que os seus similares. E é 76% menos poluente. É o unico no Brasil a atender a norma  Tier 2, certificação ambiental dos EUA. “Nossos motores são ideais para geradores de energia e operações severas, que demandam trabalho contínuo ou em horarios de ponta,”, reforça João Zarpelão, diretor de motores industriais da Volvo Penta South America.