Volvo Penta, Motores, Institucional, Institucional

Volvo Penta lança motor de 800 kVA e oferece 10%  a mais de potência para geração de energia

17/10/2017

A Volvo Penta, divisão do Grupo Volvo que atua no mercado de motores marítimos e industriais, está lançando no Brasil seus novos motores TWD1645GE e TW1644GE de 16 litros voltado para grupos geradores de energia. Os novos modelos proporcionam até 10% a mais de energia que o modelo anterior da marca. Com estes dois novos motores, a Volvo Penta amplia sua linha de motores industriais para geração de energia, abrangendo uma gama de potências de 85 kVA a 800 kVA. 

“Nossa estratégia é ser o parceiro de negócios preferido dos nossos clientes. A ampliação da linha é mais passo nesta direção, pois nos permite atender diferentes necessidades com a máxima eficiência de consumo, uma vez que os motores podem ser utilizados em conjunto ou separadamente”, afirma João Zarpelão, diretor de motores industriais da Volvo Penta South America.

O lançamento dos novos motores de 16 litros movidos a diesel pela Volvo Penta está alinhado a uma tendência de mercado, de substituir grandes motores por conjuntos de motores menores, da linha industrial derivada da linha automotiva.  Além de oferecer mais eficiência à operação, pela flexibilidade na demanda de potência, os modelos derivados da linha automotiva têm mais disponibilidade de peças e mão de obra, facilidade de manutenção, e a melhor relação potência por metro quadrado.

“Este lançamento veio pela crescente demanda de energia nas aplicações de uso em emergência, horário de ponta e contínuo. Além disso, Brasil tem um déficit energético alto. Quando o país retomar o crescimento, haverá falta de energia no país”, explica Zarpelão.

De acordo com dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia, em 2017 a demanda disponível na rede é de 550 TW.h e a demanda do mercado é de 590 TW.h. Portanto,  há um déficit na rede de aproximadamente 40 TW.h, que é coberto pela autoprodução de energia.

“Neste cenário, a energia gerada por grupo geradores de pequena, média e grande capacidade são importantes para a autoprodução e contribuem para cumprir com a demanda total do mercado”, diz o executivo.

De última geração, os motores geram mais energia por cilindrada em comparação com qualquer motor de 16 litros do mercado, estabelecendo um novo padrão para geração de energia. O TWD1645GE gera até 800 kVA a 1.800 rpm (60 Hz) e até 770 kVA a 1.500 rpm (50 Hz). Já o TWD1644GE gera até 752 kVA a 1800 rpm e 717 kVA a 1500 rpm.

Os modelos são destinados a geração contínua de energia em usinas termoelétricas, usina petrolífera, mineração, portos, usinas de açúcar e obras de grandes construções. Outra aplicação é como backup para situações de emergência em hospitais, hotéis, condomínios comerciais, data centers e no segmento de alimentação, como supermercados e restaurantes.

Os dois modelos apresentam a mesma base do restante da família de motores a diesel de 16 litros da Volvo Penta, o que facilita a instalação e a manutenção. Com novos recursos tecnológicos, garantem baixo custo total de propriedade e grande economia de combustível. Outras vantagens são o baixo nível de ruídos e vibrações, que proporcionam uma operação suave; e o tamanho compacto, que resulta numa capota de motor otimizada.

Os principais recursos tecnológicos dos motores são novos pistões de aço de alta qualidade, turbocompressores de duplo estágio, unidades eletrônicas injetoras de alta pressão, instalação elétrica atualizada, o mais avançado sistema de controle do motor e um conjunto de arrefecimento com circuito duplo.

Os motores industriais derivados da linha automotiva da Volvo Penta são produzidos com a mesma tecnologia de ponta dos outros modelos da Volvo. São os mais econômicos do mercado, e atendem às mais rígidas regras de emissões de poluentes. 

Mais informações

Milena Miziara - Grupo Volvo América Latina,
Assessoria de Imprensa - Comunicação Corporativa,
Tel.: +55 41 3317- 4255 - E-Mail: milena.miziara@volvo.com